Ressurreição, Redenção e Renascimento

A Semana de Pascoa foi encerrada com a maravilhosa celebração da Ressurreição de Jesus mostrando-nos um caminho a seguir: A Redenção. E como ferramenta terapêutica que complementa nossa liberação psicológica e redenção espiritual temos o Renascimento. Vamos a conhecer um pouco mais esta terapia através das palavras de meu formador em Renascimento, o prezado Nilson Bolgheroni, Diretor do Instituto Brasileiro de Renascimento.

LIMPEZA DOS REGISTROS DAS MEMÓRIAS DO PASSADO

“Analisando o processo de registros de memórias do passado pelo nosso sistema nervoso, podemos mencionar uma relação muito forte entre os padrões de respiração existentes no momento do acontecimento do fato vivido pelo indivíduo e a maneira como eles foram armazenados em seu cérebro. Então para cada registro existe um padrão respiratório específico para o mesmo.

Muitas vezes esses registros ocasionam um aprisionamento dessas emoções reprimidas no corpo.

Quando essas memórias vêm a tona e são disparadas através de um gatilho específico é como se o indivíduo revivesse a todo momento as mesmas sensações, emoções e tudo que envolve esse registro, principalmente o padrão respiratório como se fosse um looping.

O que faz a limpeza das células não é somente o aumento do oxigênio (Prana) através de uma respiração mais adequada; e sim o que tira a pessoa desse aprisionamento é a dissolução desse registro através de uma ou mais sessões de renascimento (respiração consciente).

Se eu tenho um sofrimento em um registro de meu passado, dentro desse registro existe um padrão respiratório alinhado a isso e proporcional ao sentimento de dor/angustia/medo do sofrimento vivido.

Então, no processo de renascimento (respiração consciente) quando eu acesso uma memória e mantenho a respiração circular conectada, eu estou mudando a minha respiração comparado com o padrão de respiração existente neste registro.

Quando eu faço um novo registro, mudando esse padrão respiratório; é a partir desta mudança que automaticamente estou alterando toda a parte química e energética de meu corpo.

Quando eu acesso uma memória respirando de forma calma e prolongada, contínua e leve, me conecto com uma faixa de frequência vibratória sutil”.

Fernando Salazar BañolRenascedor e Constelador

Tag:

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porBemViver

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *